SEASIDE ROCK | Peter Bjorn and John

Postado em Atualizado em

O novo disco do Peter Bjorn and John abre com uma faixa chamada Inland Empire. Tem como não virar fã dos caras?

Se não estivesse tão envolvido com palestras oh tão fúteis sobre meditação, David Lynch adoraria os climas fantasmagóricos que o trio sueco cria num álbum que, segundo eles, evoca “as lembranças de uma infância triste no norte da Escandinávia”.

Entendo o sentimento. Deve ser algo parecido com o que os moleques passam trancados nos apartamentos de superquadras. A diferença é que lá é frio. E úmido. E neguinho pode compor melodias sobre pescar no litoral.

Quando Young folks fez um sucesso dos diabos, muita gente perguntou que substância doce corria na água da Suécia. O novo disco, que soa como dadaísmo se comparado ao anterior, confirma o inevitável: eles se sentem mais em casa quando desabam em tristeza e nostalgia. Não só eles, vide Jens Lekman.

Seaside rock é um projeto pessoal que talvez nem deva ser encarado como uma continuação de Writer’s block, de 2006. Aquele era um álbum de indie rock. Esse é uma espécie de álbum de retratos – comparando com o Fiery Furnaces, está mais para Rehearsing my choir que para Blueberry boat. Carta de amor às cidades onde os integrantes do grupo nasceram, o álbum mescla faixas instrumentais com versos declamados nos dialetos daquelas regiões. É quase uma instalação.

Ainda que num formato menos acessível (o álbum será lançado apenas em versão digital e em vinil), o trio não abandona a herança pop, que está em brincadeiras como School of kraut e na linda Needles and pills, a melhor do disco. A atmosfera campestre da faixa-título soa como sobra de estúdio do Belle and Sebastian.

Para uma banda que tinha tudo para conquistar um público cada vez maior (Young folks toca até na quitanda aqui da quadra), é no mínimo intrigante esse tipo de salto no vazio. Sem cinto de segurança, compromissado apenas com as próprias ambições, pequeno de propósito, Seaside rock é o álbum independente que os independentes não fazem mais.

Quarto álbum de Peter Bjorn and John. 10 faixas, com produção da própria banda. Almost Gold/Star Time International. **

9 comentários em “SEASIDE ROCK | Peter Bjorn and John

    Diego disse:
    setembro 3, 2008 às 11:05 pm

    Resumindo: um porre.

    Espero que o show seja melhor.

    Tiago Superoito respondido:
    setembro 4, 2008 às 2:05 pm

    Eu acho que o show não deve ser essa coisa toda.

    Danilo M. disse:
    setembro 5, 2008 às 4:31 pm

    Ae, Tiago, vc vem no festival do Rio de Cinema?

    Tiago Superoito respondido:
    setembro 5, 2008 às 4:49 pm

    Eu ia, Danilo. Mas aí descobri que é no final de setembro, e só tiro férias em outubro. Vou ao Rio durante as férias, de qualquer forma. Devo ir pra mostra de SP.

    Filipe disse:
    setembro 5, 2008 às 5:07 pm

    O Festival começa dia 26, vai pegar a primeira semana toda de outubro.

    Tiago Superoito respondido:
    setembro 5, 2008 às 5:22 pm

    Então devo ir nesse semana de outubro.

    Danilo M. disse:
    setembro 5, 2008 às 5:27 pm

    É do dia 25 set. até 5 out.
    Eu vou trabalhar nele, mas só que na área do Rio Market, mais ligado aos negócios mesmo…
    Mas vou pegar uma credencial e vou poder ver todos os filmes!
    AH garoto!

    Se vc vier me diz ae po, pra dar a dica dos filmes!

    Danilo M. disse:
    setembro 5, 2008 às 5:29 pm

    opa, é de 25 set. até dia 9 de out.

    Tiago Superoito respondido:
    setembro 5, 2008 às 6:30 pm

    Ok, se eu for, te digo. Sortudo, hem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s