A intenção é boa

Triangle walks | Fever Ray

Postado em Atualizado em

Veja bem: eu não ia postar este clipe porque, francamente, ele não presta. É só uma colagem de imagens feiosas e sombrias, um pisca-pisca cavernoso que já vimos centenas de outras vezes. Nota-se que o diretor Mikel Cee Karlsson não teve lá muito trabalho. Mas te dou dois motivos para aturar a pasmaceira até o fim: 1. Quando aparece em cena, Fever Ray interpreta uma mulher cadavérica que poderia ser a mãe de uma certa menininha cabeluda que vive no fundo de um poço num certo filme de terror que conhecemos bem. 2. A música é tão fantástica que renderá maravilhas mesmo se você decidir desligar o monitor e curtir o pesadelo.

Reafirmo: um dos grandes discos do ano, esse.

Anúncios