2 ou 3 parágrafos | Pagando bem, que mal tem?

Postado em Atualizado em

zakmiri

É um tanto deprimente acompanhar Kevin Smith numa nova tentativa de reprisar o projeto de ‘comédia romântica for geeks’ que deu certo em Procura-se Amy. A premissa promete dezenas de situações hilariantes (um casal de amigos de colégio decide escrever, dirigir e atuar num filme pornô ‘de garagem’), mas Smith continua obcecado por um tipo de humor escalafobético e adolescente que hoje não sugere nenhuma autenticidade – não é exatamente um estilo, mas uma fórmula aplicada pela enésima vez.

É por isso que, mesmo quando testa o estômago do gênero (há muito tempo não vejo uma comédia tão grosseira, positivamente grosseira, no multiplex aqui da cidade), Pagando bem, que mal tem (5/10) parece exausto. Ainda assim, interessante a experiência de assistir a uma comédia romântica para homens. Melhor: para moleques de 15 anos, no máximo.

Anúncios

4 comentários em “2 ou 3 parágrafos | Pagando bem, que mal tem?

    Iuri disse:
    abril 2, 2009 às 8:19 pm

    Olha só, um “2 ou 3 parágrafos” com 2, e não 3 parágrafos… hahaha

    Tiago Superoito respondido:
    abril 2, 2009 às 8:37 pm

    É um avanço! hehe

    Chico disse:
    abril 2, 2009 às 8:58 pm

    Eu, sinceramente, não acho que o filme funcione para idade alguma. O Kevin Smith tá cada vez mais deprimente.

    rafaéu disse:
    abril 3, 2009 às 1:11 am

    Achei uma série de algumas boas piadas em um roteiro muito pouco inspirado. Sem inspiração nenhuma na verdade. Uma risada ou outra.

    Gostei da piada com Lost.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s