2 ou 3 parágrafos | Sexta-feira 13

Postado em Atualizado em

sextafeira131

Até eu, um sujeito que não sofre tantas crises de nostalgia, senti saudades das chulices que Jason Voorhees cometia nos anos 80. Talvez esta nova geração não saiba (e me sinto adulto escrevendo isso), mas a série original sempre passou como um produto abaixo da crítica, invariavelmente tosco, apelativo e fiel a padrões risíveis de qualidade técnica. Daí que sim, concordo, este novo Sexta-feira 13 (4/10) é o mais “arrumadinho” de todos. Qual é a graça mesmo?

Perto desta versão clean para os três primeiros episódios da série (a mãe de Jason, coitada, só aparece nos primeiros minutos), até gozações como Jason X e Freddy vs. Jason me fazem mais feliz. 

A culpa é provavelmente de Michael Bay (culpem-no por todos os problemas do mundo, eu deixo). Ou então trata-se de pura coincidência, já que a atmosfera de anúncio de xampu (repare nos cabelos esvoaçantes das atrizes) é exatamente igual à do remake de O massacre da serra elétrica, que o homem também produziu. Me acordem quando Wes Craven retornar ao metiê, ok?

Anúncios

5 comentários em “2 ou 3 parágrafos | Sexta-feira 13

    Henrique disse:
    fevereiro 18, 2009 às 5:23 pm

    E sabe que o diretor é o mesmo do “O massacre da serra elétrica” novo, que é muito pior que esse Jason. Não que esse Jason seja BOOOOMMMM, mas que deu para dar algumas risadas, até deu.

    Só acho que podia não ter matado o japa daquele jeito, simpático ele, não?

    Tiago Superoito respondido:
    fevereiro 18, 2009 às 5:44 pm

    Eu ri mais com os dois anteriores… Mas sim, tem momentos de humor involuntário.

    O japa podia ter sobrevivido sim, hehe.

    rafaéu disse:
    fevereiro 18, 2009 às 7:09 pm

    Jura que não gostou da refilmagem e “O Massacre…”? Tudo bem que não tem nada daquela sandice original, mas vá lá, é um filme de terror divertidíssimo. Eu gostei bastante. Esse SF13 não ví ainda.

    Tiago Superoito respondido:
    fevereiro 18, 2009 às 9:23 pm

    Se você gostou da refilmagem do Massacre, Rafaéu, vai gostar deste Sexta-feira 13. É melhor. O que me incomoda é esse visual bastante publicitário com atores maquiadíssimos que parecem bonecos de plástico. Se existisse uma intenção satírica sob esse estilo (tipo Tropas estelares, digamos), ok. Mas não vejo isso nesses filmes não.

    rafaéu disse:
    fevereiro 19, 2009 às 2:29 pm

    Em “O massacre da serra elétrica’ é tudo muito marrom/beje, tudo parece se acoplar e formar uma coisa só, sendo cercado ou por um céu exagerado azul, nas construções, ou na floresta, parece um cerco. E acho que essa clautrofobia criada um pouco pelo exagero (e o que dizer do melhor do filme, aquela família toda freaky show, circense) acaba dando certo. Esse pessimismo latente da falta de chance da personagem escapar dá um tom exato para um filme de terror criar medo.

    Acho que vejo esse então, talvez hoje.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s