Porão do Rock, primeira noite

Postado em Atualizado em

O melhor momento da primeira noite de Porão do Rock foi o Fabrício Nobre, vocalista da MQN: “Vocês aí são todos uns bregas, vocês vieram ver o Suicidal Tendencies”, provocou. O pior foi descobrir que o Juninho Bill, meu ídolo aos cinco anos de idade, agora vocalista de uma banda chamada Astros, ainda não cresceu – e canta terrivelmente mal, o moleque.

Anúncios

7 comentários em “Porão do Rock, primeira noite

    alves, le roi disse:
    agosto 2, 2008 às 9:28 pm

    nem me fale no nome fabricio.

    Filipe disse:
    agosto 3, 2008 às 3:03 am

    O Fabricio é um cara legal.

    Tiago Superoito respondido:
    agosto 3, 2008 às 4:53 pm

    Vou tentar escrever alguma coisa sobre o show do Muse. Mais tarde. Estou enroladíssimo na cobertura desse festival.

    Danilo M. disse:
    agosto 4, 2008 às 3:12 am

    Queria ver é você falar do show do suicidal!

    Tiago Superoito respondido:
    agosto 4, 2008 às 1:49 pm

    Vai ficar querendo, Danilo, hehe. Não gostei do show e não tenho muito o que dizer sobre o assunto.

    Diego disse:
    agosto 4, 2008 às 3:10 pm

    E daquela cafonice do Muse, gostou?

    À céu aberto talvez tenha ficado melhor. A galere acompanhou os solos com “oooOOOooooOOOooo”?

    Michel Simões disse:
    agosto 5, 2008 às 4:50 pm

    Juninho Bill? Putz, eu via esse cara todo dia, fazíamos a mesma Faculdade, cursos diferentes, e ele parecia um… sei lá…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s